Dia Internacional da Mulher: qual a relação entre mulheres e bebidas?

7 minutos para ler

Você sabia que a relação entre as mulheres e as bebidas é mais estreita do que muita gente imagina? Além de consumidoras, elas fazem parte de todo o processo de elaboração e vendas dos mais diversos tipos de bebidas. Neste Dia Internacional da Mulher, que tal saber mais sobre o assunto?

Há um mito de que homens são mais adeptos ao consumo de bebidas, como vinho e cerveja, mas não é bem assim que acontece. Ambos os gêneros sabem apreciar bons exemplares. Por falar nisso, já sabe como comemorar essa data em grande estilo?

Neste post, revelamos algumas curiosidades incríveis sobre o assunto, que vão surpreender você. Então, continue a leitura!

História do Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher é uma data de conscientização da luta feminina, portanto, não foi criada com apelo comercial, ao contrário de várias outras. Há quem diga que ela tem a ver com um incêndio em uma fábrica têxtil, que matou mais de 100 trabalhadoras, mas não foi bem assim que aconteceu.

Apesar da coincidência do fato ter acontecido no mesmo mês, o 8 de março já era discutido antes do ocorrido. Desde o século 19, vários movimentos de operárias surgiram para reivindicar melhores salários e o fim do trabalho infantil e da exploração — na época, a carga horária era de 15 horas diárias.

Várias foram as jornadas de luta e greve por melhores condições, até que em 8 de março de 1917, 90 mil operárias russas saíram às ruas em um protesto conhecido como “Pão e Paz”. Somente em 1921 é que a data foi oficializada e em 1977 é que foi reconhecida pelas Nações Unidas.

Relação entre mulheres e bebidas ao longo dos anos

Para apreciar bebidas, não é preciso se encaixar em determinado gênero, não é verdade? Os líquidos são tão democráticos, que agradam a homens e mulheres. A seguir, veja algumas curiosidades.

Deusa da cerveja

Enquanto na mitologia o vinho é representado por um deus, a cerveja é pertencente a uma deusa. Pois é! Você sabia que a Ninkasi é a deusa da cerveja? Sua adoração pelos sumérios é datada de 8.000 a. C. Naquela época, as pessoas faziam cerveja, mas não entendiam o processo de fermentação. Então, relacionavam essa transformação à deusa.

Utilização do lúpulo

O lúpulo é muito utilizado na elaboração das melhores cervejas. Sabe quem descobriu o uso desse ingrediente como conservante natural da bebida? Hildegard, uma freira alemã!

Elaboração da cerveja

Assim como a produção caseira de pão ou a preparação das refeições, a elaboração das cervejas era tarefa da mulher da casa. Sim, essa era considerada uma atividade doméstica. No século 5, as esposas cervejeiras faziam a bebida em grandes quantidades para a família e vendiam as sobras.

Foi no começo do século 20 que a produção de cerveja foi parar na mão dos homens. Por isso, a bebida é conhecida como algo “de homem”. No entanto, foram as mulheres que dominaram a elaboração da cerveja por milhares de anos.

Mulheres à frente das marcas

Como vimos, mulheres e bebidas têm uma ótima relação, não só no consumo. Se, antigamente, elas foram as responsáveis por aperfeiçoar a cerveja, atualmente, elas cumprem outros papéis fundamentais nas marcas de bebidas mais reconhecidas no mundo todo. Dê uma olhada nas histórias de mulheres incríveis.

Bernadette Langlais e Carole Quinton, Cointreau

Bernadette Langlais foi master distiller — especialista em destilados responsável pela marca — dos famosos licores Cointreau por 38 anos. Ela é a guardiã da criação original, dosando a mistura de óleos essenciais de laranja. Hoje, quem ocupa esse cargo é Carole Quinton.

Vitalie Taittinger, Taittinger

Vitalie trabalha há mais de 12 anos na empresa de seu pai, a Champagne Taittinger. Recentemente, foi anunciada como a mais nova presidente da marca, cargo herdado de seu genitor. Anteriormente, ela foi diretora de marketing e comunicação.

Francisca Van Zeller, Quinta Vale D. Maria

É herdeira da família Van Zeller que, por sua vez, é proprietária da vinícola Quinta Vale D. Maria. Ela atua como gerente de marca de todos os nomes envolvidos na empresa, além de interagir com a parte de enologia. Francisca também é consultora em diversos projetos na área de vinhos, turismo Douro e gastronomia.

Pierrette Trichet, Rémy Martin

Ela foi a primeira mulher a ocupar o cargo de master distiller na região de Conhaque, na França. Sendo assim, ela é um marco e um exemplo para as demais mulheres que ocupam cada vez mais lugares importantes dentro da indústria de bebidas.

Lesley Gracie, Hendrick’s

Sabia que a responsável pela receita do gin Hendrick’s é uma mulher? Gracie ganhou recentemente o prêmio de master distiller do ano, o que é tipo um Oscar da indústria de destilados. Ela ainda está à frente da destilaria, na produção e pesquisa. Com certeza, Lesley Gracie é icônica.

Madame Rose, Liefmans

Quem está por traz dos sabores atuais das cervejas Liefman’s é Rosa Merckx, também conhecida como Madame Rose. A sua paixão e experiência, fizeram da cervejaria uma referência em qualidade. Rosa está no comando há mais de 40 anos e a Liefman’s ainda é dua paixão. Tanto que até hoje ela visita diariamente a unidade em Oudenaarde, Bélgica.

Kim Jordam, New Belgium

Kim Jordan é co-fundadora da cervejaria New Belgium. Em 1991, ela e Jeff Lebesch hipotecaram sua casa em Fort Collins, no Colorado, para dar início à cervejaria artesanal em seu porão. A inspiração para a criação das cervejas com frutas e especiarias veio de uma viagem de bicicleta à Bélgica. É por isso que a empresa recebe o nome de “Nova Bélgica”. Kim Jordan é uma das poucas fundadoras de uma marca de bebidas em uma indústria em que a maioria são homens.

Kirsteen Campbell, Cutty Sark

Kirsteen Campbell se formou em Nutrição e Ciência de Alimentos. Em 2007, entrou para a Edrington e se tornou master blender da Cutty Sark, em 2010, quando a empresa adquiriu a marca. A master blender é responsável pelas combinações de whisky e grãos que trazem os melhores resultados em sabor, aroma, teor alcoólico e todas as características da bebida.

Comemoração do Dia Internacional da Mulher

Agora que você já sabe o papel da mulher na história e na indústria de bebidas, que tal homenagear esse dia tão importante degustando a sua bebida favorita? Saiba que na TodoVino, a mulherada é fundamental e participa de diversos processos, desde a inteligência da marca, passando pela pesquisa de material até o design.

No nosso e-commerce, você encontra todas essas bebidas famosas e que têm mulheres por trás de suas criações. É uma ótima maneira de celebrar as conquistas femininas até agora e as que virão. Embora muitas vitórias já tenham sido alcançadas, ainda há muito pelo que lutar e alcançar.

O Dia Internacional da Mulher é uma data para se lembrar de todas as causas femininas. Não é uma ocasião apenas para se ganhar presentes e flores, mas de consciência dessa luta tão importante. As mulheres do mundo das bebidas estão aí para provar que competência não tem a ver com gênero, não é mesmo?

E então, se convenceu de fazer o pedido das suas bebidas favoritas? Entre em contato conosco, tire suas dúvidas, adquira rótulos incríveis de cervejas, vinhos e destilados e receba tudo no conforto da sua casa!

Posts relacionados

Deixe um comentário