Blue Moon agora em lata

2 minutos para ler

Com o lançamento da Blue Moon em lata no Brasil, nós aqui da TodoVino – loja online de cervejas, vinhos e destilados – compartilhamos uma informação importante sobre o uso de latas como suporte desta bebida milenar.

A milenar cultura da cerveja apenas encontrou o vasilhame de lata após a Lei Seca norte-americana. Entre final de 1934 e início de 1935 uma cervejaria no estado da Virginia lançou comercialmente a primeira cerveja em lata. 

A notória popularidade das latinhas se dá por diversos motivos.

O principal deles é sua funcionalidade com baixo custo de produção. O alumínio é um material acessível e a lata consegue reter com eficiência a carbonatação da cerveja, sem interferir no seu sabor.

Vale lembrar que a cerveja não fica em contato direto com o alumínio pois as latas são recobertas com um material inerte que inibe qualquer passagem de sabor metálico para a bebida. Além disso, ela é bastante leve e resistente a impactos. 

Um dos piores inimigos da cerveja após o envase é a incidência de luz, seja ela artificial ou solar. Por esse motivo, a grande maioria das garrafas utilizadas no mercado são escuras. A lata, por sua vez, impede a incidência de luz de maneira muito mais eficiente do que qualquer garrafa, garantindo o frescor da cerveja por muito mais tempo.

Como a palavra de ordem na atualidade é a sustentabilidade, a leveza do material diminui o impacto de carbono na cadeia logística e o aproveitamento do alumínio na reciclagem é praticamente total e pode se dar em inúmeros ciclos. 

Para o consumidor, não se pode ignorar que latinhas são fáceis de transportar, ocupam pouco espaço e resfriam rapidamente. Por serem opacas, as latas também garantem a integridade da cerveja de forma eficaz.

Posts relacionados

2 thoughts on “Blue Moon agora em lata

  1. Olha o Blue Moon engarrafado eu já tomei e um excelente vinho
    Mas latinha acho estranho
    Não me convence
    Quando vcs tiverem em garrafa novamente eu quero !!!

Deixe um comentário